domingo, 12 de fevereiro de 2012

Festas Junina


Depois do Carnaval, o evento mais esperado do calendário brasileiro são as festas juninas, que animam todo o mês de junho com muita música caipira, quadrilhas, comidas e bebidas típicas em homenagem a três santos católicos: Santo Antônio, São João e São Pedro.

Naturalmente as festas juninas fazem parte das manifestações populares mais praticadas no Brasil.


A palavra folclore é formada dos termos ingleses folk (gente) e lore (sabedoria popular ou tradição) e significa “o conjunto das tradições, conhecimentos ou crenças populares expressas em provérbios, contos ou canções; ou estudo e conhecimento das tradições de um povo, expressas em suas lendas, crenças, canções e costumes”.

É bom lembrar também que nessa época as escolas, "em nome da cultura", incentivam tais festas por meio de trabalhos escolares, etc. A criança que não tem como se defender aceita, pois se sente na obrigação de respeitar a professora que lhe impõe estes trabalhos (sobre festa Junina), e em alguns casos é até mesmo ameaçada com notas baixas, por que a professora, na maioria das vezes, é devota de algum santo, simpatizante ou praticante da religião Católica, que é a maior divulgadora desta festa. Neste momento quando se mistura folclore e religião, a criança -inocente por natureza - rapidamente se envolve com as músicas, brincadeiras, comidas e doces. Aliás, não existiria esta festa não fosse a religião. Inclusive existe a competição entre clubes, famílias ou grupos para realizarem a maior ou a melhor festa junina da rua, do bairro, da fazenda, sítio, etc.



Diante de tudo isso, perguntamos: “Teria algum problema os evangélicos acompanharem seus filhos em uma dessas festas juninas realizadas nas escolas, quando as crianças, vestidas a caráter (de caipirinha), dançam quadrilha e se fartam dos pratos oferecidos nessas ocasiões: cachorro-quente, pipoca, milho verde etc.?”. É óbvio que nenhum crente participa dessas festas com o objetivo de praticar a idolatria, pois tal procedimento, por si só, é condenado por Deus!


O teor religioso das festas juninas não passa de um ato idólatra quando se presta culto a Santo Antônio, São João e São Pedro.
Como crentes, devemos adorar somente a Deus: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás” (Mt 4.10).

Pare e pense: como vimos, todas as práticas encontradas nas festas juninas são rejeitadas pela Palavra de Deus. Será que Deus se agradaria de tais festividades, quando sabemos que elas desobedecem explicitamente o que Ele ordenou em sua santa Palavra? Será que os católicos realmente estão honrando a Deus com isso? Pense novamente: Se Deus rejeitou as festas de Israel que eram dedicadas somente a Ele [Amós 5:21-23] , mas que haviam sido mescladas com elementos dos cultos pagãos dos países vizinhos, não rejeitaria com mais veemência ainda as ditas festas "cristã" dedicada aos santos?

Dia do Pastor

O dia do PASTOR é sempre no 2º domingo de junho




Se o culto termina cedo: "O pastor é muito frio e metódico, não deixa o Espírito Santo operar."


Se o culto excede do horário: "O pastor é irresponsável e impontual."

Se vem um pregador de fora e excede o horário: "Como Deus usa aquele homem, olha só que horas o culto acabou!"

Se o pastor excede o horário: "O pastor não entende que temos de trabalhar amanhã cedo, tudo tem que ser feito com ordem e decência!"

Se Deus usa um pregador de fora: "Que homem usado por Deus!"

Se Deus usa o pastor: "Está querendo se mostrar e imitar outros pregadores."

Se o pastor prega muito: "É muito chato e cansativo!"

Se prega pouco: "Não conhece bem a palavra."

Se a palavra do pregador de fora falou em sua vida: "Aquele tem Dom de discernimento."

Se a palavra do pastor falou em sua vida: "Ele sabe tudo de mim, está querendo me expor."

Se o pastor faltar a algum culto: "É sem cuidado com suas obrigações."

Se algum irmão ou obreiro falta: "Estava cansado e precisava relaxar um pouco."

Se o pastor não visita: "É descuidado e relaxado com suas ovelhas."

Se visita: "Não tem mais o que fazer, gostar de viver nas casas para filar a bóia dos irmãos."

Se sai de casa muito: "Não liga para sua família."

Se é caseiro: "É preguiçoso."

Se anda mal arrumado: "É muito relaxado, descuidado e pobre."

Se anda bem arrumado: "É metido e quer ter aparência de rico."

Se os filhos do pastor são peraltas e erram: "O pastor não os educa adequadamente e não os disciplina."

Se são seus filhos ou dos irmãos: "Criança é assim mesmo. Carecem de misericórdia e orações."

Se o pastor cai em pecado: "É um enganador e vigarista - Alguém dirá: eu já sabia que isto ia acontecer."

Se algum irmão cai em pecado: "Coitado! É digno de misericórdia e ajuda."

Se o pastor erra em alguma coisa: "Isso é inadmissível, logo surgem mágoas dele."

Se alguém erra: "Isso é uma casualidade, temos que perdoar uns aos outros."

Se o pastor é bem de vida: "Está roubando a igreja."

Se não é bem de vida: "É um homem de pouca fé."

Se ora muito: "Está querendo se mostrar e ser santão."

Se ora pouco: "É irresponsável e preguiçoso."

Se a esposa do pastor não é ativa na igreja: "Coitado do pastor merecia uma esposa bem melhor para ajudá-lo no ministério."

Se é ativa: "É metida e gosta de se aparecer."


A Bíblia diz- Hb. 13.7 e 17 "Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver. Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil."

Como você está tratando, amando e honrando seu pastor e a família dele?

SE VOCÊ FOSSE PASTOR GOSTARIA DE TER UMA OVELHA IGUAL A VOCÊ NO SEU REBANHO?

FONTE: JESUS SITE

Photobucket



JOGRAL: DIA DO PASTOR



T - Prezado Pastor! Aqui está sua igreja: alegre... festiva... de flores ornada... Toda engalanada... vibrante, feliz... Parece que os anjos em coro também, entoam serenos, louvores amenos, e dizem: Amém!

1 - Pastor, nosso amigo, Tudo isso acontece porque hoje é o seu dia! E bem o merece!

T - Quisera o rebanho lhe oferecer, entre outros presentes: em ouro pintado, e bem trabalhado, um lindo painel!

2 - Mas é bem mais nosso, o quadro singelo que fala de Deus e da criação!...

3 - O bolo gostoso, em forma de trevo, que diz da afeição do nosso coração!

4 - O novo trabalho por Deus inspirado, de Evangelização já iniciado!

2 - As flores,

3 - Os hinos,

1 - A nossa oração,

T - Para que sua vida seja enriquecida sempre, mais e mais da graça de Deus! E assim continue pregando a mensagem de amor e perdão, que dá salvação e que conduz aos céus!

2 - Pastor...

3 - Professor...

1 - Amigo leal...

4 - Esposo Extremoso...

2 - E pai amoroso...

3 - Cidadão Ideal!

1 - Vida Preciosa e vitoriosa, nas mãos do Senhor!

T - Aceite a homenagem que ora lhe presta, a sua Igreja! É tudo que tem, mas ela o aprecia e lhe quer muito bem!


Eunice S. Santolin. Alvorada 4/74.

Photobucket


HOMENAGEM AO NOSSO PASTOR

Juntos – Nosso pastor
1 – quando a doença o nosso lar invade
2 – quem traz a palavra de ânimo e bondade?
3 – e acalma a nossa dor e inquietação
4 – com o bálsamo suave da oração?

Juntos: o nosso pastor!

1 – Se a morte dos entes mais queridos
2 – deixa-nos pesar estarrecidos
3 – quem é que nos relembra o lar de além
4 – levando-nos a querer ser fiéis também?

Juntos: o nosso pastor

1 – E se em flôres de aventura nossa vida
2´- se apresenta risonha e colorida
3 – quem acrescenta a graça reverente
4 – dessa alegria que ele também sente?

Juntos: o nosso pastor!

1 – Quem é que semana após semana aponta
2 – a senda para o céu e os bens sem conta
3 – da vida eterna e tal mensagem traz
4 – que comove-nos, anima e enche de paz?

Juntos: o nosso pastor!

1 – É por você, pastor, que vamos orar
2 – pedindo a Deus graça e poder
3 – e um futuro promissor
4 – de conversões de almas ao Senhor

Juntos: Este é o nosso pastor!


Photobucket


Sugestão para comemorar o Dia do Pastor



Elabore uma programação especial, constando de cânticos, poesias, acrósticos, mensagem, narração de fatos da vida do pastor e sua família; ofereça-lhes, ao final, uma lembrança carinhosa, que pode ser, para o pastor e família uma bela cesta com frutas e doces, e para a esposa um bonito ramalhete de flores.


Mensagem especial - Convide uma pessoa para trazer uma palavra especial pelo Dia do Pastor.

Textos sugeridos:

Jeremias 3.15 - "Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência".

Hebreus 3.17 - "Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros".


Painel histórico - Com antecedência, consiga com a esposa do pastor (sem que ele saiba) fotos e fatos interessantes de vários períodos de sua vida e de seu ministério: infância, mocidade, tempo de Seminário, ordenação, namoro, casamento, filhos, seu "hobby", a 1ª Igreja, batismos e casamentos que realizou, comemorações na Igreja, etc. Designe algumas irmãs para falarem a respeito destes fatos. As fotos com as legendas explicativas serão fixadas nas paredes do salão.


Photobucket



Sugestões de Cartões e trabalhinhos




Photobucket


Música para Dia dos pastor:

Cristina Mel - ao pastor com carinho
http://www.4shared.com/mp3/YbWt-EAQ/Cristina_Mel_-_ao_pastor_com_c.html


Eyshila - Pastor
http://www.4shared.com/mp3/bplhNUrL/13_Pastor_-_Eyshila_-_CD_Nada_.html

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Dia das Mães

Este dia é mais do que especial.
Como homenagear aquela pessoa que nos carregou durante 9 meses, nos deu e da muito amor e carinho?



Download de músicas para este dia:


Neste link você acha 5 tipo de cds:
http://www.gospeldownloads.com.br/index_todos.php?artista=Coletanea+Dias+das+Maes

MUITO LEGAL: FESTA DO AVENTAL





Photobucket
Teatro: Obrigado por minha Mamãe.

Personagens: Menino, Mãe, Narrador
Cenário: 1 mesa com 2 cadeiras; bloco de papel e caneta.

O narrador lê pausadamente o texto enquanto os personagens fazem mímicas ou agem de acordo com o texto.

Paulinho era uma criança muito obediente. Sempre ajudava a mamãe nas tarefas da casa. Certo dia, Paulinho queria comprar uma bola. Escreveu um bilhete e colocou ao lado do prato da mãe à hora do almoço. Dizia assim:
Mamãe deve a Paulinho:
Por guardar a roupa ... R$ 4,00
Por arrumar a cama ... R$ 3,00
Por anotar recados ... R$ 4,00
Por lavar a louça … R$ 5,00
Por fazer as lições … R$ 4,00
Total: R$ 20,00

À mesa do jantar, Paulinho achou os vinte reais e também havia uma notinha que dizia:
Paulinho deve a Mamãe:
Por 3 boas refeições ao dia: NADA
Por lavar e passar sua roupa: NADA
Por cuidar quando está doente: NADA
Por um bom lar e muito amor: NADA
Por ensinar e educar: NADA
Total: NADA

O menino abraça a mãe e fala: Querida Mamãe, Obrigado por teu carinho, teus sacrifícios e teu amor sem fim. Te amo!

O Narrador convida a comunidade a orar: Querido Deus, Obrigado pela mãe que Tu me destes. E que me ensinou o que é o amor. Amém.

Fonte: Escoladominical.net

Photobucket



x_3c154df8

Páscoa, Festa de ressurreição de Jesus!




Infelizmente, porém, essa data na maioria das vezes é lembrada pelas famílias, inclusive cristãs, apenas pela distribuição de coelhos e ovos de chocolate, ou porque desconhecem o seu verdadeiro significado bíblico, ou porque preferem fazer-se de “inocentes”, a fim de evitarem maiores conflitos com os filhos, amigos ou familiares, que sempre insistem em dizer: “não há nenhum problema...”; “são apenas símbolos inocentes...”; “afinal de contas, todos praticam desta forma...”.


Coelho coloca ovos? e de chocolate???

Por causa do comércio, o diabo tenta distorcer muitas verdades Bíblicas, como por exemplo, a Páscoa (Pessach), confundindo crianças, jovens e adultos até no meio evangélico, com a simbólica troca de “ovos de páscoa feitos de chocolate”, botados por coelhos, e segundo nos consta o coelho não bota ovos, muito menos de chocolate!


A Páscoa é um símbolo de Amor, cuidado e proteção de Deus por nós. Quando o povo de Deus ainda escravo no Egito, a Páscoa foi estabelecida com o sinal do sangue de um cordeiro esborrifado nos umbrais das portas das casas dos israelitas para que o anjo da morte não atingisse os primogênitos das famílias de Israel.

Duas condições básicas para sermos livres do poder do anjo da morte:
01. Estar dentro da Casa – inseridos no Corpo Místico de Cristo – fazer parte da Igreja Universal dos Santos- lembre-se de Noé e sua família que foram salvos porque estavam dentro da Arca. A Arca é Cristo todo inclusivo, nós precisamos estar inseridos na Sua morte e ressurreição afim de vivermos nossa vida dentro do princípio da vida de cruz; para não ser atingido pelo anjo da morte era necessário que se estivesse em família reunida dentro de casa. Este aspecto fala da nossa comunhão preciosa com Deus e com nossos irmãos, neste tempo de tanta individualidades, tempos em que formamos zonas de seguranças e exacerbado exclusivismo para não permitimos que outros irmãos penetrem em nossas comunhões.

02. Ter o Sangue do Cordeiro passado sobre os umbrais das portas – Ter a firme convicção de ter aceito a cobertura do Sangue precioso do Senhor Yehoshua, que foi derramado na Cruz do calvário. Tê-Lo recebido como Único e Suficiente Salvador e Senhor de nossas vidas. Mesmo se o indivíduo estivesse dentro da casa e não tivesse o Sangue passado nos umbrais das portas, ele não estaria livre da morte.

Então esta duas condições básicas teriam de ser cumpridas, uma e a outra simultaneamente. Hoje a Páscoa se cumpre em nossas vidas quando reconhecemos e aceitamos o Sangue do Senhor Yehoshua Há’Mashyach, o Cordeiro de Deus, como proteção e purificação de nossos pecados. Então a Páscoa não se trata de uma troca de ovos de chocolates botados por coelhinhos. A verdadeira Páscoa é Yehoshua. Celebraremos então o Senhor Yehoshua. Se quisermos ser livres da Morte Eterna, precisamos do Sangue do Cordeiro de Deus que nos protege e nos guarda para sempre. A Páscoa fala de estarmos inseridos na Vida, Morte e Ressurreição do Senhor Yehoshua.

A Páscoa, também chamada SÉDER (ordem) é uma palavra de origem hebraica, PÊSSACH-(PÊÇAR), que vem do verbo hebraico LIFSOACH AL, significando passar por cima ou passar poupando, tal como aparece na King James Version (A Versão Inglesa do Rei Tiago) "PASS OVER", surgiu conforme registra a Bíblia em SHEMOT (Êxodo) 12, no ano de 1500 antes da E.C, em GOSÉN, no Egito, nos últimos instantes que precederam a saída do povo judeu, após 430 anos de cativeiro egípcio, para a tão prometida e sonhada ERETZ ZAVAT HALAVE UDEVACHE (Terra que mana leite e mel).

Naquele exato momento, instantes que antecederam a última praga sobre os egípcios, a mortandade dos primogênitos, Deus determinou: "ISH SEH LE BÊITH AVOTH SEH LA BAITH (SHEMOT - Êxodo 12.3"). Um cordeiro HOMEM para cada casa, um cordeiro para cada família. - Observe que, em hebraico, macho é ZARRAH e fêmea é NEKEVA, e no texto citado não aparece ZARRA SEH, um cordeiro macho, mas, ISH SEH, um cordeiro homem.

Deus (YHWH), determinou ainda que cada família deveria tomar o cordeiro, simbolizando um homem (ISH SEH) matá-lo, recolher o sangue numa bacia e pintar as vergas e os umbrais das casas, para que, no momento em que o MALAK HA - MAVET (O anjo da Morte) passasse sobre o Egito para matar os primogênitos, não atingisse aqueles que estivessem nas casas pintadas com o sangue. O anjo passaria poupando da morte o povo que assim houvesse procedido. Porque assim disse Deus: VÊ-RAITÍ ÉT HADAM U-FASSÁRHTI ALEHEM - "E vendo Eu sangue, passarei por cima de vós." - SHEMOT (Êxodo 12.13b).

No capítulo 12 de Êxodo diz que todos os primogênitos do Egito foram mortos. Então, espiritualmente falando, até os primogênitos dos filhos de Israel, também foram mortos. É dai que temos essa grande lição. Entendemos claramente que todos os primogênitos foram mortos naquele dia. Tanto os primogênitos Judeus como os Egípcios. Isto não é uma heresia. Deixe-me provar em tese esta afirmação. Quando o Anjo da Morte passou pelas casas dos Judeus ele viu o Sangue do Cordeiro, que pré-figurava a morte de todos os primogênitos incluídos em Cristo. Para Deus ter sua ira aplacada só mesmo com a morte, pois o salário do pecado é a morte!!!

Precisamos repensar com muita seriedade acerca das comemorações paganizadas que invadiram nossas congregações e nossos lares e historicamente aceitamos este casamento com o mundo paganizado. Devemos considerar os aspectos espirituais que envolvem a Páscoa e não nos envolvermos com os festejos deste mundo que querem fazer-nos desviar do alvo, da Centralidade de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, O Cordeiro Pascal e da Sua santa e bendita Palavra.

Finalmente, precisamos urgentemente de Restaurarmos as verdades das Sagradas Escrituras afim de não incorrermos nos mesmos erros que muitos irmãos estão cometendo, envolvendo em práticas erradas por falta de conhecimento da Palavra de Deus.


Autor: Aloizio Sousa Arantes


Photobucket

Como comemorar a Páscoa do Senhor?

“Este dia vos será por memorial, e o celebrareis como solenidade ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo.” Ex 12.14



SUGESTÃO - FESTA DE PASCOA

Objetivo:
Ao participar de uma festa da Páscoa, as crianças serão capazes de apreciar
vários costumes durante a época de Jesus. Baseado no Texto Bíblico: S. João – Capitulo 13 – Mateus 26: 17-30

Materiais:
• Toalha ou folha plana de grandes dimensões p/ piquenique
• Bacia para lavar os pés ou as mãos
• Várias toalhas para secar os pés ou as mãos
• Guardanapos, copos e pratos de papel
• Suco de uva
• Pão fatiado
• Fruta, queijo e biscoitos (opcional)
• Almofadas (opcional)
• Talher;
• Copo descartável médio e pequeno

Duração:
De 30 a 40 minutos


Tópicos:
Comunhão, Páscoa, Relacionamento, Sacrifício de Jesus.


Participantes:
Crianças de 02 a 12 anos
PARTE A
Preparação:
Esta atividade pode custar mais do que você tem para gastar. Como sugestão, pode envolver as crianças através da atribuições de determinados itens para que eles, durante a semana possam trazer de casa.

A festa pode ser tão elaborada como quiser, mas as representações são:

1) a bacia com água morna – falar sobre a humildade e comunhão – Jesus lavou os pés dos discípulos – explicar sobre o fato e costume da época – e que este foi o início do dia em que os discípulos celebraram a páscoa com Jesus;
2) o suco e pão representam a comunhão (Certifique-se que nenhum dos filhos é alérgico a todos os alimentos que você estará servindo) explique o que cada um representa e que devemos lembrar desses símbolos até que Jesus volte.

Diga as crianças que, hoje, elas vão celebrar a festa da Páscoa, e será da mesma forma que as pessoas fizeram durante a época de Jesus. Primeiro as crianças têm para tirar os sapatos e colocá-las ordenadamente ao longo de uma parede. Em seguida, explicar para as crianças que durante o tempo de Jesus, era costume lavar os pés antes de se sentar para comer. O professor pode fazer duplas, e em fila, elas lavam e secam os pés uns dos outros (se quiser apenas represente, não precisa colocar água).
Ao fazer esta atividade, explicam que durante o tempo de Jesus, eram os escravos “empregados domésticos” que faziam essa tarefa, lavavam os pés dos visitantes e amigos antes de entrar nas casas, porque as pessoas normalmente andavam em estradas de terra. Embora o resto de seu corpo fossem limpos, seus pés estavam empoeirados. Quem gosta de ver os pés empoeirados, enquanto se come? Jesus lavou os pés dos apóstolos para demonstrar como devemos ser servos uns dos outros. Ele disse a Pedro "Se eu não te lavar, não tens parte comigo." (João 13:8) Jesus foi um verdadeiro servo de Deus. Jesus sabia que iria lavar nossos pecados com seu próprio sangue.

Leitura Bíblica: João 13:1-17 (Jesus lava seus discípulos pés)

(Parte B):

O que você vai fazer:
Coloque uma folha grande ou toalha no chão para que todos possam sentar. Peça às crianças para sentar-se em um grande círculo, enquanto outros voluntários estabelecidos distribuem os pratos, guardanapos e copos para cada criança. Coloque os alimentos no meio, em seguida, ler a seguinte passagem da Bíblia.

Leitura Bíblica: Mateus 26: 17-30 (Ceia do Senhor)

Depois de ler as escrituras, quebre um pedaço do pão, em seguida, passar o pão em torno de cada criança para quebrar um pedaço de si. Explique que quando Jesus partiu o pão da mesma maneira e deu graças por isso, Ele disse: "Tomai e comei, este é o meu corpo."
Dê graças a Deus pelo pão. Em seguida, deitar um pouco de suco em cada copo, e explicar que quando Jesus deu graças e bebia do seu copo, Ele disse: "Bebei dele todos vocês. Este é o sangue da Aliança que é derramado por muitos para a remissão dos pecados ". Dê graças a Deus pelo suco. Então temos uma festa, comer e apreciar a comida ao discutir a relação entre a celebração da Páscoa e do sacrifício de Jesus para nossa salvação.

Photobucket

Lembrancinhas







SACOLAS COM SUCO DE UVA, PÃO CASEIRO E UMA FOLHETO COM FIGURAS SOBRE AS DUAS PÁSCOAS DENTRO.



x_3c154df8

Dia do EU CREIO (01/04)



No dia 1º de abril todas as Igrejas de Nova Vida no Brasil vestem a camisa do “Eu Creio” para proclamar que cremos em Jesus Cristo. Estas camisas padronizadas são vendidas nas livrarias das igrejas

No dia 1º de abril todas as Igrejas de Nova Vida no Brasil vestem a camisa do “Eu Creio” para proclamar que cremos em Jesus Cristo. Estas camisas padronizadas são vendidas nas livrarias das igrejas.

A camiseta com esta expressão, servem como afirmação coletiva da nossa fé e, ao mesmo tempo, quer gerar no meio daqueles com quem cruzamos no nosso dia-a-dia, aquela curiosidade em saber o que significa simplesmente “Eu Creio”. Quando a curiosidade é despertada, abre-se a porta para se falar da nossa fé e de como cremos em Jesus, sua vida fascinante, seu ministério impressionante, seu sacrifício e sua ressurreição. Em outras palavras, é mais um oportunidade para o testemunho evangelístico.

Aqui no Brasil, escolheu-se para ser o Dia do Eu Creio 1º de abril – famoso por ser tradicionalmente um dia de pregar peças, também denominado por muitos como o “Dia da Mentira”, visando fortalecer ainda mais a proposta, por contrastar com a tradição e o folclore.

Foi no ano de 2002 que aconteceu o primeiro Dia do Eu Creio, conduzido por um pequeno grupo de algumas Igrejas de Nova Vida. No ano seguinte, o número cresceu, e hoje muitas igrejas, inclusive de outras denominações aderiram ao movimento.

O Dia do Eu Creio surgiu de uma iniciativa dos organizadores do Club Teen (acampamento para adolescentes realizado nas férias), inspirado no movimento que leva o mesmo nome em inglês – I BELIEVE DAY – que algumas igrejas norte-americanas adotaram há alguns anos. A proposta é a mesma que a de nossos irmãos. No dia referido, todos os que se envolverem no projeto vão usar durante aquele dia a camiseta com a expressão Eu Creio.

A cada ano que passa, o movimento cresce e atrai a atenção de mais pessoas. Ouvimos relatos de alguns dizendo que, no mesmo dia, viram mais de uma pessoa em lugares diferentes com a mesma camisa. Isso traz a idéia de um movimento corporativo e solidifica ainda mais a noção de unidade que a igreja precisa ter. Você não pode ficar de fora dessa, mobilize sua igreja, vista a camisa e vamos impactar o Brasil.

Fonte: http://www.portalnovavida.org.br/index.php?


x_3c154df8

CARNAVAL




Devemos ensinar que devemos adorar somente a Deus, não devemos dar lugar as obras da carne...

O que é Carnaval


A Alegria do carnaval

Chegou o momento da grande festa do povo.
É a hora que o pessoal bota de molho os
aborrecimentos, esquece as dívidas pessoais,
afoga a solidão... e cai na "gandaia"...

A alegria do carnaval vem da fantasia de se imaginar
solto, sem censura e sem limites, onde
se pode ver sentir e fazer "o que der na cabeça".

O dicionário Aurélio esclarece que desde o
sei início na Idade Média, o carnaval "se caravterizava pela alegria
desabrida, pela eliminação da repressão
e da censura, pela liberdade de atitudes críticas e eróticas".

E a Bíblia avisa: “são bem conhecidas as coisas que
a natureza humana produz: a imoralidade, a impureza, as
ações indecentes, a adoração de ídolos e as feitiçarias.
As pessoas se tornam inimigas, elas brigam,
ficam com raiva, ciumentas e ambiciosas. Separam-se em
partidos e grupos, são invejosas, bêbadas, vivem em orgias e fazem outras coisas parecidas. Repito o que já disse: Os que
fazem essas coisas não herdarão o Reino de Deus”(Gálatas 5:19–21 – A Bíbliana Linguagem de Hoje).

é difícil ver alguém
pulando o carnaval de cara triste.
Mas a euforiada folia pode estar escondendo um
grande vazio atrás de um sorriso.
Quem vê cara não vê coração.
Você está tentando esconder ou esquecer algo neste carnaval?
Talvez uma mágoa,uma frustração na vida sentimental, uma grande
decepção com amigos ou uma desilusão com a vida?

Você precisa saber que:
Você é pecador e, por isto, está separadode Deus. “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom (presente) gratuito de Deus é avida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor”(Romanos 6:23).

x_3c154df8

Sugestões da Dia Internacional da Mulher

Inspire-se nas grandes mulheres da Bíblia

Toda Mulher é uma princesa...Mas princesa de Jesus!


Uma sugestão graciosa, coloque algumas meninas vestidas como as princesas da Bíblia e faça um desfile e enquanto elas passeiam lindas, alguém pode ir falando sobre a princesa que esta na "passarela".
Colocarei algumas como exemplo...

Débora, à frente do próprio tempo

Era uma dona-de-casa comum, mas foi escolhida para ser juíza. Foi a única mulher das escrituras sagradas a ocupar um cargo político com excelência. Ela se definia como "mãe de Israel” e fazia de tudo para o bem da nação (Juízes 4:4-16).

- Principais virtudes
Débora era bastante virtuosa: mãe de família, profeta, temente a Deus e líder militar. Traçou estratégias de batalha e conquistou muitas vitórias para Israel na época dos juízes. Foi a libertadora do povo hebreu em tempos de guerra contra os cananeus.

- Características
• Líder Ela não se intimidou por ser mulher e ganhou o respeito dos líderes de Israel.
• Estrategista Débora sempre buscava maneiras de combater os inimigos buscando inspiração junto ao Senhor e, por isso, tinha êxito em tudo que fazia.
• Conselheira Era preocupada com as pessoas e sempre dava conselhos, discutindo e sugerindo soluções para quem estava com problemas.

- Seja como Débora
Ela é a prova de que uma mulher pode ser profissional e dona-de-casa ao mesmo tempo. Para imitá-la, procure ser atenciosa e justa. Administre bem o seu tempo e não tome decisões sem antes planejar tudo direitinho.


Ester, a corajosa

Foi a rainha mais importante que Israel já teve. Judia e órfã, ela foi criada por um parente. Quando se casou com o rei Assuero, Ester fez de tudo pelo povo judeu. Tem um livro da Bíblia só dela.

- Principais virtudes
Ester descobriu um plano para exterminar todos os judeus. Ela se preparou espiritualmente com um jejum de três dias e orações. Ao final do período, Ester revelou ao rei que era judia e conseguiu salvar o povo.

- Características
• Sábia Diante de uma situação difícil ela não se desesperava: buscava soluções em Deus para tomar decisões.
• Destemida Não ficou com medo de agir para salvar os judeus. Era ousada e inteligente, e tinha uma fé admirável.
• Humilde Em vez de se mostrar a dona da razão, ela procurava respeitar a opinião dos outros.

- Seja como Ester
Não aja por impulso, procure sempre orar antes de tomar as suas decisões. Ester também era muito atenciosa.

Sara, a esposa perfeita

Esposa de Abraão, o primeiro dos patriarcas bíblicos. Deus prometeu a Abraão um filho que daria origem a todo o povo de Israel. Sara foi a mulher escolhida para dar à luz essa criança. Ela era chamada de “mãe de multidões” e vista como o modelo ideal de mulher casada.

- Principais virtudes
Sara era estéril e mostrou ter muita fé quando não desistiu de ter o filho que o Senhor lhe prometeu. Ela perseverou na crença e, aos 90 anos, deu à luz Isaque, que era o herdeiro da promessa feita a Abraão. Por isso, ela é a única mulher mencionada entre os heróis da fé (Hebreus 11:11), pessoas que exercem influência até hoje, como Moisés e Davi.

- Características
• Dedicada O filho e o marido dela podiam sempre contar com ela. Ela estava ao lado deles em qualquer situação. Acompanhava Abraão em todas as viagens.
• Fiel a Deus, Sara não desistia fácil das promessas de Deus e procurava fazer as vontades dele.
• Alegre Ela recebia as pessoas em casa com felicidade e as servia com prazer.

- Seja como Sara
Não desista nunca dos seus sonhos. Seja confiante em Deus e nas promessas dEle. Coloque sua família em primeiro lugar, seja companheira e procure ter os mesmos objetivos que o seu marido.


Rute, a companheira fiel

Rute era casada com o hebreu Malom e se dava muito bem com a sogra, Noemi. Quando ficou viúva, se apegou muito à sogra, a ponto de acompanhá-la até Belém. Lá, se casou com Boaz e reconstruiu a própria vida. Jesus é um dos descendentes de Rute.

- Principais virtudes
A amizade, a fidelidade, a dedicação e o desprendimento. Fez um dos mais lindos votos de amizade à sogra. “Onde quer que pousares, ali pousarei eu. O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus” (Rute 1:16).

- Características
• Amiga Tratava bem a todos e era muito carinhosa.
• Responsável Trabalhava em campos de cevada e nunca reclamava do trabalho, fazendo o melhor.
• Confiável Procurava ser honesta e íntegra nos afazeres diários. Tinha uma boa reputação e chamava a atenção dos chefes por isso.

- Seja como Rute
Ela era uma mulher muito doce e competente. Para agir como Rute, seja íntegra em tudo que fizer: trabalho, casamento e família.

Photobucket


Aqui você vai encontrar uma coletânea de músicas gospel para esta data:

http://www.4shared.com/file/157509358/12f698ae/-Dia_Internacional_da_Mulher.html

Photobucket

Agora postarei alguns trabalhinhos e lembrancinhas

Lembre-se de sempre colocar um bilhetinho junto a lembrancinha dizendo um versículo.

Flor de dobradura com foto




Porta Bombom


Material:

-E.V.A verde
- E.V.A roxo
- E.V.A branco
- Cola quente
- Bombom
OBS. Você pode usar as cores de sua preferencia.

Agora é só riscar o molde no EVA, cortar, colar e colocar o bombom como miolo da flor.
Simples, barato e lindo!

Moldes


Bolsinha de papel ou EVA

Dentro você pode colocar um ítem (bombom, trufa, cortador de unha, puseira...) ou um recadinho...



Sucesso garantido, flores de Jujuba

Você pode dar uma ou um vasinho.









x_3c154df8

Datas Especiais na EBD

Colocarei aqui datas especiais que podemos comemorar ou conscientizar as crianças e ate mesmo toda a igreja.




x_3c154df8